Faça o seu PEDIDO DE MÚSICA

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora:

Peter Tosh Peter Tosh


Nascido em uma comunidade pobre de Westernmost, Winston Hubert McIntosh - mais conhecido como Peter Tosh - nasceu em 19 de outubro de 1944. Aos 15 anos se mudou para Kingston, capital da Jamaica, onde não demorou muito e conheceu Bob Marley e Bunny Wailer. O trio começou a se aventurar na música e Tosh, sendo o único com algum conhecimento de voz e instrumentos, ensinou os princípios básicos aos dois companheiros. Surgia assim, no início da década de 60, o Wailing Wailers, que em 1965 já tinha nada menos que cinco músicas na parada de Top 10 da Jamaica. Um ano depois, o trio se envolveu na religião rastafári e mudaram o nome da banda para The Wailers.

A boa aceitação do público e das rádios despertou o interesse da Island Records, que, em 1972, fechou um contrato com o trio de reggae e lançou na sequência Catch a Fire . A carreira começou a deslanchar cerca de um ano depois, quando eles passaram a abrir os shows de grandes nomes da música, como Marvin Gaye e The Jackson Five. Em 1973, Tosh se envolveu em um grave acidente de carro, ao cair de uma ponte. Sua namorada da época morreu e o jamaicano teve uma fratura no crânio. Em 1974, após imposições da gravadora Island, o nome do grupo mudou para Bob Marley & The Wailers. Na mesma época, o presidente da gravadora se recusou a lançar seu disco solo e, revoltado, Tosh deixou a banda, assim como Bunny. Os dois achavam que eram injustiçados por Chris Blackwell, quem Tosh considerava "pior que os brancos". Dois anos mais tarde, Tosh lançou seu primeiro disco solo. O hit Legalize It rapidamente se tornou um hino a favor da liberação da maconha e não demorou para causar polêmica. Foi proibido nas rádios jamaicanas - apesar de ser um dos singles mais vendidos da história do país. Em 1978, durante um show no One Love Peace Concert, ele fez um discurso contra o premiê da Jamaica e foi agredido violentamente pela polícia.

O fato provocou a saída de Peter Tosh de seu país, rumo aos Estados Unidos. Mick Jagger, admirador do músico, o convida para se filiar à editora Rolling Stones e desta colaboração foi lançado o disco Bush Doctor , com um dueto entre os dois. Eric Clapton também era um grande fã do jamaicano e os dois gravaram juntos a música Watch You Gonna Do . Em 1981 lançou o álbum Mama Africa , que além da música clássica que dá nome ao disco tem uma versão de Johnny B. Goode , de Chuck Berry. Dois anos depois, Tosh embarcou rumo à África em busca de ajuda espiritual, onde passou quatro anos fazendo alguns shows, mas sem nenhuma gravação inédita. Em 1987 lançou seu último trabalho, No Nuclear War , que lhe rendeu um prêmio Grammy.

Morte 
Em 1987, aos 42 anos, Peter Tosh estava de volta à música, seu novo disco deteve boa aceitação e ele havia acabado de ganhar um Grammy na categoria Melhor Performance de Reggae. No dia 11 de setembro daquele ano, três homens invadiram sua casa - um deles era Dennis "Leppo" Lobban, que tinha se tornado amigo de Peter Tosh após o músico lhe ajudar a retomar sua vida após muitos anos na cadeia. Depois da invasão, os três exigiram dinheiro de Tosh e de seu amigo, o DJ Jeff "Free I" Dixon. Sem conseguir levar nada, eles dispararam diversos tiros contra os dois. Cinco pessoas que estavam na casa também ficaram feridas, uma delas era a mulher do músico. Leppo foi preso pela polícia de Kingston, julgado e condenado à pena de morte (a sentença sofreu mudanças em 1995 e ele continua preso até hoje). Os outros dois assassinos nunca foram encontrados, o que alimenta ainda mais os rumores de que tenham sido assassinados - também a tiros
.

 


CANAIS

Site: www.petertosh.com


                                                                                ESCOLHER OUTRA PERSONALIDADE