Clancy Eccles, nascido em 9 de Dezembro de 1940 em Dean Pen, St. Mary, Jamaica

O Objetivo desse texto é fornecer uma leitura rápida em relação as grandes nomes do reggae music e que serve de base para futuras pesquisas.

  • Gravou pela primeira vez para Coxsone Dodd, que havia organizado um show de talentos no qual Eccles participou.
  • Eccles gravou o ska "Freedom", e foi destaque no sistema de som de Dodd.
  • A música se tornou o primeiro hit jamaicano a ser usado para fins políticos; Alexander Bustamante em sua luta contra a Federação das Índias Ocidentais em 1960.
  • Organizou shows para os Clarendonians em 1963 e para os Wailers em 1964 e 1965. Lançou outros concursos de busca de talentos, dos quais surgiram estrelas como como Barrington Levy e Culture.
  • Durante um período trabalhou como alfaiate , e fez figurinos para músicos como Byron Lee e Dragonaires, Carlos Malcolm e The Blues Busters.
  • Eccles também foi creditado por derivar o termo "Reggae" de "Streggae", gíria de Kingston para uma garota que se diverte.
  • Sua música "Feel The Rhythm", foi fundamental na mudança do Rocksteady para o Reggae.
  • Ajudou a abrir caminho para o gênero da música dub, lançando uma versão instrumental de "Herbman Shuffle" chamada "Phantom", com uma mistura focada na linha de baixo.
  • Criou diversas gravadoras onde trabalhou com nomes como: Alton Ellis, Joe Higgs, Lord Creator, Larry Marshall, Cynthia Richards, Buster Brown e Beres Hammond.
  • Ele ajudou Lee Perry a montar sua gravadora Upsetter em 1968 depois que Perry deixou o emprego de Dodd.
  • Militante socialista, Eccles foi nomeado consultor da indústria da música para o Partido Nacional do Povo (PNP) de Michael Manley e participou das primeiras eleições ministeriais da Jamaica em 1972, organizando alguns "Showmícios" com músicos como Bob Marley e os Wailers , Dennis Brown, Max Romeo, Delroy Wilson e Inner Circle, se apresentando pela ilha em apoio à campanha de Manley.
  • Na década de 1980, Eccles diminuiu a velocidade de suas atividades musicais e nunca mais encontrou sucesso.
  • Eccles morreu em 30 de junho de 2005, no Hospital de Spanish Town (Jamaica) por complicações de um ataque cardíaco.


Fato Curioso

O jornal Star Newspaper, 29 de setembro de 1961, revela uma confusão ocorrida em um veículo retornando de uma apresentação, resultando em Clancy Eccles sendo cortado no rosto por uma garrafa quebrada. Ele recebeu 32 pontos. A noticia diz o seguinte:


"Sr. Clancey [sic.] Eccles, artista da 155 Church Street, foi tratada recentemente no Hospital Público de Kingston por ferimentos no rosto. Ele recebeu 32 pontos. O Sr. Eccles informou ao CID (Criminal Investigation Department) que, na noite de 24 de setembro, ele estava em um carro com outros artistas retornando do Monoca Club, Nine Miles, St. Thomas Road, quando ocorreu uma briga. Ele afirmou que durante a confusão ele foi cortado em todo o rosto e cabeça por outro artista com pedaços de garrafas quebradas. Owen Gray, um artista de gravação da 2 Glen Road, é procurado por Constable Lloyd Falconer, da Estação Central do CID, responsável pela investigação relacionada ao assunto. ”

Fonte

Deixe seu Comentário


Ras Pedro - 09/12/2019 14h40
Muito bom essas informações que são publicadas. Parabéns.